Restituição

Mas este é um povo roubado e saqueado; todos estão enlaçados
em cavernas, e escondidos em cárceres; são postos por presa,
e ninguém há que os livrem; por despojo, e ninguém diz: Restitui.
(Is 42:22) 

Restituição é o ato de devolver ao legítimo dono algo que foi tomado, roubado, perdido ou cedido. Levítico 6.1-7 apresenta a Lei Mosaica da restituição; essa lei estabelecia o procedimento que deveria ser seguido para a restituição de propriedade roubada, a qual deveria ser restituída integralmente, acrescida de vinte por cento (um quinto) de seu valor pago a título de compensação (Lv 5.16). Se um homem roubasse um boi ou uma jumenta ou ovelha e o animal fosse recuperado com vida, o ladrão tinha que restituir em dobro o valor roubado (Êx 22.4). Mas se o ladrão o tivesse morto ou vendido o animal, tinha que restituir quatro vezes (no caso de ovelhas) ou cinco vezes (no caso de bois) o valor roubado (Êx 22.1; 2Sm 12.6). Zaqueu, um dos chefes da coletoria de impostos, disse a Jesus: “Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais” (Lc 19.8). Deus define (a sua lei como a expressão do seu amor pelo povo escolhido Êx 19.5-6). Em Israel, todos os crimes eram crimes contra Deus (1 Sm 12.9-10). Assim, Deus esperava que todo o povo O amasse e O servisse (Amós 5.21-24). Como juiz supremo, Ele disciplinava os que violavam a sua lei (Êx 22.21-24; Dt 10.18: 19.17), a comunidade era responsável por manter a lei e assegurar a aplicação da justiça (Dt 13.6-10;17.7; Nm 15.32-36). Na lei de Deus todos os indivíduos são iguais, e o objetivo é garantir a igualdade perante a lei (Êx 21.24).

A restituição implica em tornar saudável, fazer o bem, completar Êx 22.3, 5, 6, 12, é também restaurar os doentes e tristes (Is 57.18), e a produção da terra arrasada pelos gafanhotos (Jl 2.25-26). A Bíblia atribui aos cristãos a responsabilidade de exortar os outros cristãos a serem perfeitos (2Co 13.11) ou seja, que voltem ao caminho reto.

Em Is 63.4 o Senhor diz: “O ano dos meus redimidos é chegado”. Em Sl 65.11 o Senhor coroa o ano de sua bondade, e as suas pegadas destilam fartura.

Em Jz 3.14,30, está escrito que após Israel perder dezoito anos debaixo da opressão dos moabitas, o Senhor restituiu todos os bens que a Sunamita havia perdido ou deixou de ganhar durante aquele tempo.

Gn 20.7: “Agora, pois, restitui a mulher ao seu marido, porque profeta é, e rogará por ti, para que vivas; porém se não lha restituíres, sabe que certamente morrerás, tu e tudo o que é teu”.

Jó 33.26: “Deveras orará a Deus, o qual se agradará dele, e verá a sua face com júbilo, e restituirá ao homem a sua justiça”.

Dt 22.1: “Vendo extraviado o boi ou ovelha de teu irmão, não te desviarás deles; restituí-los-ás sem falta a teu irmão”.

Dt 22.2: “E se teu irmão não estiver perto de ti, ou não o conheceres, recolhê-los-ás na tua casa, para que fique contigo, até que teu irmão os busque, e tu lhos restituirás. Se agradará dele, e verá a sua face com júbilo, e restituirá ao homem a sua justiça”.

Is 1.26: “Deveras orará a Deus, o qual se agradará dele, e verá a sua face com júbilo, e restituirá ao homem a sua justiça”.

Jl 2.25: “E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós”.

Restituição imposta: Êx 22.3. “Se o Sol houver saído sobre ele, o agressor será culpado do sangue; o ladrão fará restituição total; e se não tiver com que pagar, será vendido por seu furto”.

Restituição espiritual do penitente: Sl 51.12-13; Is 57.18, 19; Jr 3.22; 30.17; Os 14.4; Mq 7.19.

Restituição de Israel: Is 1.26; 11.12; 17.13; 33.20; 40.2; 60.10; Êx 20.40; 36.28; Zc 1.17;10.6; 14.11; Ml 3.4;

Alegria: Sl 51.12; 1 Cr 13.9-14; Sl 16.11; Is 1.19.

A Bíblia mostra pessoas que tiveram restituído os anos perdidos. O mundo todo se encaixa nesse item, porque 2020 se tornou um ano sem boas lembranças.

Entretanto, a Bíblia mostra diversas pessoas que tiveram restituído os anos perdidos: Is 3.14-30: Deus restituiu ao seu povo 80 anos de paz para compensar os 18 anos de opressão dos moabitas.

Em 2Rs 8.1-6 está escrito que após um período de 7 anos de fome, Deus restituiu todos os bens da sunamita. E em Mt 89.19-22 após tocar em Jesus, a mulher que tinha fluxo de sangue por doze anos, recuperou esse tempo e viveu com saúde. E em Jo 5.1-9, o paralítico do tanque de Betesda recuperou todo os 38 anos perdidos de sua vida.

Podemos concluir que o Senhor é poderoso para restituir esse ano de 2020 e todos os demais anos perdidos da vida de cada um, porque o que Deus fez no passado, Ele continua fazendo hoje, e certamente restituirá a todo o seu povo o tempo perdido pelas circunstâncias da vida. Deus quer nos restituir o que todos queremos: 2Cr 20.20. E só exige de nós a fé inabalável (Mt 17.20; Hb 10.35-36 e Jó 22.28a). E porque Deus é fiel, Ele diz: ”O ano dos meus redimidos é chegado” (Is 63.4); E no Sl 65.11 está escrito: “O Senhor coroa o anos da sua bondade, e as suas pegadas destilam fartura”.        

Por Valdely Cardoso Brito