Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. David Scarinci

Pr. David Scarinci

Sede Estadual – PA   [email protected]

Pr. Weslley Santos

Pr. Weslley Santos

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Márcio Candido

Pr. Márcio Candido

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Alexandre Teodoro

Pr. Alexandre Teodoro

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Wadson Medeiros

Pr. Wadson Medeiros

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Marcelo Torres

Pr. Marcelo Torres

Sede Estadual - SE [email protected]

David Julius e Ardem Patapoutian conquistam Nobel de Medicina

Os cientistas norte-americanos David Julius e Ardem Patapoutian ganharam, nesta segunda-feira (4), o Prêmio Nobel de Medicina de 2021 por suas descobertas de receptores para temperatura e tato nesta.

O prêmio, concedido pela Real Academia de Ciências da Suécia há mais de um século, tem valor equivalente a R$ 3,9 milhões (10 milhões de coroas suecas).

As descobertas inovadoras dos cientistas "permitiram entender como o calor, o frio e a força mecânica podem iniciar os impulsos nervosos que nos permitem perceber e nos adaptar ao mundo ao nosso redor", aponta o documento da premiação ao citar que o conhecimento passou a ser usado para desenvolver tratamentos para inúmeras doenças, incluindo a dor crônica.

Os prêmios, por conquistas na ciência, literatura e paz, foram criados e financiados pela vontade do inventor da dinamite, o empresário sueco Alfred Nobel. As entregas ocorrem desde 1901, com o prêmio de economia entregue pela primeira vez em 1969.

O Prêmio Nobel de Medicina muitas vezes vive na sombra do Nobel de literatura e paz, que têm seus laureados amplamente mais conhecidos. No entanto, a medicina foi lançada no centro das atenções pela pandemia da Covid-19, e alguns cientistas sugeriram que aqueles que desenvolveram vacinas contra o coronavírus poderiam ser recompensados com o prêmio.

Fonte: R7


bannerMemorial

Sábado, dia 04/12, às 15h CANTO PELA PAZ     Parque da Juventude - Ao lado do Metrô Carandiru