Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Danilo Queiroz

Pr. Danilo Queiroz

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

FGTS: Começa nesta semana liberação de saque de R$ 500 por conta

Começa nesta semana a liberação para saques de até 500 reais por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), anunciados em julho pelo governo como uma medida de estímulo a economia. Os primeiros a receber o dinheiro são os que têm conta poupança na Caixa Econômica Federal.

Os saques irão liberar uma cota de até 500 reais de contas ativas — de contratos de trabalho que estão vigentes — e inativas para os trabalhadores. Caso a pessoa tenha menos que esse valor na conta, pode sacar integralmente. O limite é por conta. Ou seja, se o trabalhador tiver duas contas, por exemplo, poderá sacar até 1.000 reais, sendo 500 reais de cada. Também não é necessário sacar o dinheiro imediatamente no momento da liberação, já que os recursos estarão disponíveis para movimentação até o dia 31 de março de 2020.

Começa nesta semana a liberação para saques de até 500 reais por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), anunciados em julho pelo governo como uma medida de estímulo a economia. Os primeiros a receber o dinheiro são os que têm conta poupança na Caixa Econômica Federal.

Os saques irão liberar uma cota de até 500 reais de contas ativas — de contratos de trabalho que estão vigentes — e inativas para os trabalhadores. Caso a pessoa tenha menos que esse valor na conta, pode sacar integralmente. O limite é por conta. Ou seja, se o trabalhador tiver duas contas, por exemplo, poderá sacar até 1.000 reais, sendo 500 reais de cada. Também não é necessário sacar o dinheiro imediatamente no momento da liberação, já que os recursos estarão disponíveis para movimentação até o dia 31 de março de 2020.

Na sexta-feira, 13, data em que começa a retirada, poderão sacar até 500 reais por conta os cotistas com conta poupança na Caixa Econômica Federal nascidos entre janeiro e abril. Para os aniversariantes de maio a agosto, os recursos só serão liberados no dia 27 de setembro. Quem nasceu nos últimos quatro meses do ano só recebe em 9 de outubro. O débito automático só ocorre para quem tem conta poupança. No caso dos correntistas, só recebem adiantado aqueles que fizeram a solicitação prazo encerrou em 25 de agosto. Quem tem conta corrente no banco e não pediu a antecipação, só poderá sacar a partir de 18 de outubro conforme o calendário dos não correntistas.

Já quem tem conta na Caixa e não deseja sacar os valores deve informar ao banco eles terão até 30 de abril de 2020 para solicitar a devolução do crédito ou transferência do valor para outra instituição financeira. Aproximadamente 34 milhões de trabalhadores receberão pelo débito automático.

Dinheiro é liberado antes para quem tem conta poupança na Caixa Econômica
Dinheiro será liberado conforme mês do nascimento do correntista

Em seguida, começa a liberação para quem não tem conta poupança na Caixa. A data dos saques também varia de acordo com o aniversário do cotista. O calendário começa em 18 de outubro para os nascidos em janeiro e termina em 6 de março de 2020 para os aniversariantes de dezembro.

Para quem não tem poupança na Caixa 

Trabalhadores com contas ativas e inativas podem pegar o benefício em agências do banco, caixas eletrônicos e casas lotéricas

Saque-aniversário

Após o período do saque imediato, os trabalhadores poderão optar por fazer saques anuais de uma parcela de seu FGTS, chamado de saque-aniversário, que começarão em abril de 2020. Se optar por essa modalidade, o trabalhador não poderá sacar o FGTS em caso de demissão sem justa causa. No entanto, a multa de 40% sobre o valor total da conta está mantida. Veja para quem vale a pena mudar para nova modalidade, segundo economistas.

Os aniversariantes do primeiro semestre, no entanto, terão um calendário para fazer o saque: nascidos em janeiro e fevereiro podem efetuar o saque entre abril a junho de 2020; os nascidos em março e abril podem pegar o dinheiro de maio a julho e quem nasceu entre maio e junho pega o dinheiro de junho a agosto. Após junho, os saques poderão ser feitos no mês de aniversário do trabalhador.

O saque-aniversário valerá para quem optar por receber parte do FGTS a cada ano. Nesse caso, os interessados em migrar para a modalidade terão que comunicar a decisão à Caixa Econômica a partir de outubro deste ano, no site do banco.

Fonte: VEJA

bannerMemorial

Quarta, dia 25/09, às 19h Busca do Espírito Santo     SEDE MINAS GERAIS     Av. Cristiano Machado, 22315 - Cidade Nova - Belo Horizonte - MG